Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Sábado, 8 de Maio de 2010

QUEM SOU EU??

Sou apenas um vulgar cidadão

Gosto de conhecer pessoas e sítios

Escrever, ler e viajar

Gosto de história e da gastronomia popular

 

Sou guardense e beirão

Gosto da minha mulher, do meu filho e do meu neto

Gosto dos meus amigos não sou egoísta

Tenho um grande defeito não sou chupista

 

Sou um simplório humilde

E por vezes bom demais

Acabo por resolver a vida de toda a gente

Acabando por me prejudicar demais

 

Tenho pouca sorte com os amigos

Mas são meus amigos quando precisam

Por isso ando muitas vezes confuso

Sou um homem que era para ter juizo

 

Sou um homem de causas

Gosto de toda a gente ajudar

Ao pé de mim, não há tristezas

Mas como brincalhão estou a falhar

 

Sou um pouco aéreo e despassarado

Acredito que ando neste mundo por alguma razão

Mas com a miséria que vejo todos os dias

Aguardo a algum tempo saber como está a minha situação

 

Sou empreendedor

E um homem de acção

Consigo fazer trabalhos

Que alguns nem pensarão

 

Impulsivo e sei perdoar

Mas nunca esqueço

aqueles que me estão a prejudicar

Lamento muito mas um dia vão ter que me gramar

 

Sou homem por isso sou um sonhador

Gostava de concretizar os meus sonhos

O meu sonho é ter um lar de idosos

Nem que seja virtual

 

Mesmo virtual é um lar

Onde os mais pobres possam viver

Saborear a velhice 

E sem dor puder morrer

 

Nesse meu sonho virtual

Também tem lugar os animais abandonados

Onde são tratados com dignidade

Fazendo inveja até qualquer gente

 

O sonho está vivo

Continuarei a sonhar

Só que não sei quem sou

Para tanta gente irritar

 

Luís M.T. Pragana

Janeiro 2009

 

 

 

 

 

 

publicado por Lausinho às 14:48
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Sempre a assapar...

blogs SAPO

subscrever feeds