Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Tempo

Weather Forecast
Local Contractor Lists in All States of US
Local Contractors
Terça-feira, 13 de Abril de 2010

A MINHA PAIXÃO É DANADA

Já não há mulheres assim

Carinhosa e companheira

É ela que cuida de mim

A minha baixita

 

Se estou vivo a ela o devo

Tem sido mulher e enfermeira

Estou no regime militar

Controla me à sua maneira

 

Sei que ela tem razão

Pois sou um despassarado

Com tanta medicação

Ando sempre passado

 

Pobre coração o meu

A diabetes que não me larga

Agora como não chegasse

Também tem a coluna despachada

 

Ando a fazer caminhadas

Graças a esta mulher

Que é uma mãe para mim

Vou ama la até sempre puder

 

Por vezes fico irritado

Não me deixa comer o que quero

Se assim não fosse à muito

já à muito estava no cemitério

 

Esta mulher é um anjo

Foi o destino que nos juntou

Não saberia viver sem ela

Foi deus que nos juntou

 

 

O Luís Pragana

23-08-2009

 

 

 

publicado por Lausinho às 19:29
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Sempre a assapar...

blogs SAPO

subscrever feeds