Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Terça-feira, 13 de Abril de 2010

O GRANDE SOLNADO

Foi o grande mentor do riso

Passeou pela vida a sorrir

Gostava de ver as pessoas felizes

Até na hora de partir

 

Façam me o favor de ser felizes

É pois uma frase que vai perdurar

Não quero lágrimas só sorrisos

Mesmo na hora de nos deixar

 

Andou assim pela vida

Este actor maravilhoso

Um ser humano dos grandes

De quem Portugal está muito orgulhoso

 

Deixou nos uma obra exemplar

Numa época acizentada

Inventava manobras

Para por o país á gargalhada

 

Obrigado Raúl Solnado

A obra que cá deixaste

Já é vista pelas novas gerações

Como tu sempre imaginaste

 

Raúl o Grande humorista

Não fiques com pena de partir

Porque o Portugal de hoje

Está  igual aquela época que tinhas que inventar para sorrir

 

O Luís Pragana

23-08-2009

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Lausinho às 19:20
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Sempre a assapar...

blogs SAPO

subscrever feeds