Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

Os novos pecados da Igreja

 

OS NOVOS PECADOS DA IGREJA
 
Numa altura em que a Igreja está em crise
Voltamos ao tempo da inquisição
Este regresso ao passado
Só arrasta frustração
 
Como se já não houvesse retrocesso
Com a fuga dos fieis
Vem agora a Igreja dizer
Que divorciados a comungar não passam de infiéis
 
Ainda assim querem por as missas em Latim
Se quem vai à Igreja nada percebe
Voltar ao passado
Não augura bom fim
 
As pessoas estão descrentes
Vivem uma grande confusão
Andam cada vez mais confusos
É o acordar de uma ilusão
 
O Deus que nos ensinaram
E que tivemos que absorver
Já há muito se reformou
E de nós não quer saber
 
Agora com os novos pecados
Que estão a florescer
São os gatunos perdoados
E os divorciados a padecer
 
Já é pecado ser pobre
Estar sem dinheiro e a sofrer
Mas o divorcio a ser pecado
Onde é que esta Igreja vai ter
 
O Papa até já benze os Ferraris
Para dos ricos crentes fazer
Com a perda dos fieis
Não sabem pois o que vai acontecer
 
A Igreja anda mesmo fora de órbita
Sente-se agora desenquadrada
Não se adaptou aos novos tempos
Entrou numa rota desajustada
 
Luís Pragana
17-09-2008
 
publicado por Lausinho às 14:35
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Sempre a assapar...

blogs SAPO

subscrever feeds