Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Tempo

Weather Forecast
Local Contractor Lists in All States of US
Local Contractors
Terça-feira, 24 de Junho de 2008

As Carcaças abandonadas

 

 

AS CARCAÇAS ABANDONADAS
 
 
Andam por aí espalhados
Estão velhos e degradados
Cheios de ferrugem e de lixo
Ao chão estão colados
 
Ocupam os poucos lugares que há
Votados ao abandono
Vão entupindo os parques
Sem dignidade nem dono
 
Espalhados pela cidade
Não têm rodas e não têm vidros
Servindo de dormitório
São o lar de alguns mendigos
 
Muitos já criaram raízes
Nas ruas de Portimão
Sem rodas e com os vidros partidos
Assentes em blocos e no chão
 
É uma imagem degradante
Para quem nos vem visitar
Lembra um cenário de guerra
E o espaço público estão a ocupar
 
 
Luís Pragana
24-06-2008
 
 
publicado por Lausinho às 16:32
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Sempre a assapar...

blogs SAPO

subscrever feeds