Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Tempo

Weather Forecast
Local Contractor Lists in All States of US
Local Contractors
Terça-feira, 24 de Junho de 2008

O Regresso das múmias

 

O REGRESSO DAS MÚMIAS
À RIBALTA
 
É o cheiro a cloreto e o bolor espalha-se no ar
Estão de volta os parasitas
Os sabichões e os economistas
Que o país ajudaram a pendurar
 
Os barões estavam já fartos
E cheiinhos de bolor
Querem ao activo voltar
Seja a que preço for
 
Já não sofrem de amnésia
Mas a traça estava a entranhar
Como não aguentavam a naftalina
Resolveram vir apanhar ar
 
Mas o nosso povo está cansado
De estas múmias limpar
São sempre os mesmos a procriar
E ainda temos que os aturar
 
Mas não serão estes mamarrachos
Que o país irão endireitar
Podem mudar as varejeiras
Mas a porcaria acaba por entranhar
 
Fartos de ser enganados
Nas eleições iremos demonstrar
Que Portugal merece mais
Andam connosco a brincar
 
É urgente arranjar alternativas
Gente nova tem que na política entrar
Não há político pobre
Só o Zé povo está a agonizar
 
Luís Pragana
24-06-2008
publicado por Lausinho às 16:24
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Sempre a assapar...

blogs SAPO

subscrever feeds