Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Sexta-feira, 9 de Novembro de 2007

REPENSAR

REPENSAR
 
Repenso a minha vida
Ao passado vou regressar
Noutra época colorida
De um cinzento a debotar
 
Com carinho eu recordo
O bom e o mal que passei
Vejo ainda a minha mãe
Oh mãe como te amei
 
Os meus amigos ainda vivos
É bom assim recorda-los
Alguns andam desaparecidos
Outros a morte veio buscá-los
 
A infância vem acima
Eram um tempo sem maldade
Olho para esse tempo com carinho
Mas está fora da realidade
 
Mas na minha mente vive
Esse tempo tão diferente
Quando havia pessoas puras
Num sofrimento presente
 
Os valores que me incutiram
São os que ainda hoje tenho
Já não passam de memória
De um tempo de onde venho
 
Luís Pragana
03-11-07
 
publicado por Lausinho às 17:31
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

subscrever feeds