Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Sexta-feira, 19 de Março de 2010

O frio de Inverno

Chegou o tempo frio

Toca pois agassalhar

O gelo não tarda aí

A noite vai regelar

 

Não andes na rua

Vai para casa aquecer

Porque se te constipas

Vais de certeza adoecer

 

Anda vem curtir

o calor do nosso lar

Ficamos juntinhos à lareira

O frio logo logo vai passar

 

Oh que beleza ver o lume a arder

Até a nossa imaginação

Está a tentar perceber

Mas o frio é mesmo assim

 

Só quentinhos nos lembramos

O prazer que é estar no quente

Com as pessoas

de que gostamos

 

Mas também dá para pensar

em todos que não têm tecto

Neste tempo destemperado

Que falta faz o afecto

 

Sei que pouco podemos fazer

Mas se todos ajudassemos

A terra era melhor

E um dia podiamos andar todos aos abraços

 

O Lau

13-12-2009

 

publicado por Lausinho às 18:57
link do post | comentar | favorito

Conhecimentos

Conheci uma rapariga

pela qual me apaixonei

Já conheci muitas outras

Nem se quer lhe tocei

 

Nem tudo na vida é belo

Outras houve que me marcaram

Pelo cinismo e pela falsidade

Que comigo sempre lidaram

 

Com tramóias e aldrabices

Estas falsas com quem andei

Tinham muitos projectos enfim

Pela ilusão os decapei

 

Houve elações que tirei

Até com os erros aprendi

Jamais confio em alguém

Só que nunca os esqueci

 

Mas gosto muito de recordar

Os momentos que então vivi

Uso sempre aprender

Com o amor que revivi

 

Das falsas e trapasseiras

Já por muitas eu corri

Mas recordo as coisas boas

Por isso ainda estou aqui

 

Essa gente que não é gente

Vivem só com a maldade

Acumulam o que podem sacar

Só não nos conseguem tirar a nossa dignidade

 

O Lau

11-12-2009

 

 

publicado por Lausinho às 18:48
link do post | comentar | favorito

A importância que alguns têm

Viviam todos no mesmo bairro,eram filhos de operários

Brincavam, comiam e choravam

Gente humilde e trabalhadora

Que viviam dos salários

 

Quando todos eram garotos,ninguém os separava

Mas os miúdos cresceram, fizeram se homens

Mas naquela altura  algum se metesse numa alhada

o resto do grupo tudo segurava

 

Outros houve que desapareceram

Emigraram e mais ninguém os viu

E alguns que nada eram

A vida também lhes sorriu

 

E já nem falaram aos colegas antigos

E o grupo nunca mais os viu

Mas quando a fome apertava, no tempo que os viu crescer

Eram todos amigos pois todos precisavam de comer

 

Oh como as pessoas vão mudando

Pensam que valem mais agora

Mas a vida dá muita volta

E não tardam estão cá fora

 

E afinal do que serviu virar as costas

O que é bom não dura sempre

E aqueles que com eles cresceram

Estiveram sempre lá, mesmo descontentes

 

 

O Lau

08-12-2009

publicado por Lausinho às 18:33
link do post | comentar | favorito

Frases soltas

Não há no mundo força

Como a da razão

Mas com a razão

Ninguém pode comprar o pão

 

Entro o dinheiro e a saúde

Escolheria de certeza ficar teso e com saúde

 

O Lau

19-12-2009

publicado por Lausinho às 18:32
link do post | comentar | favorito

Sou o sorriso das crianças

Haverá nesta vida

Coisa mais bonita

Que o sorriso de uma criança

Há o sorriso de todas as crianças do mundo

 

Se todas as crianças do mundo

Fossem amadas e carinhadas

Nos primeiros anos de vida

Os homens do futuro seriam mais humanizados

 

O Lau

19-12-2009

 

 

 

 

 

publicado por Lausinho às 18:25
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

subscrever feeds