Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

A CULPA É DO CÃO

A CULPA É DO CÃO
 
As análises que não chegam
Estão a criar um mal-estar
As pessoas já estão irritadas
Porque a espera os está a desgastar
 
Será que os cães ingleses
Se enganaram no achado?
Farejaram sangue que não deviam
E o laboratório ficou atrapalhado
 
Fizeram alguma descoberta
Com que não estavam a contar
E estão a reter as análises
Com medo do escândalo rebentar
 
Depois desta espera toda
Só já falta virem dizer
Que a culpa é dos cães
E que o faro vão ter que rever
 
Como irão justificar
O que não tem justificação
Ainda hão-de vir dizer
Que a culpa é do cão
 
Pobre do animal não devia ter cheirado
Meteu o nariz onde não devia
E agora os ingleses
Estão com o rabo entalado
 
Luís Pragana
29-08-2007
 
publicado por Lausinho às 10:17
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Agosto de 2007

APONTAR DEFEITOS NÃO É FALAR MAL

Apontar defeitos
NÃO É FALAR MAL
 
Não digo mal só por dizer
Aponto o que por aí vai mal
Há muita coisa errada
Por este nosso Portugal
 
Não quero ser derrotista
Mas não consigo ficar calado
Com tanta injustiça que se vê
Qualquer cidadão fica passado
 
Os males estão aí à vista
Basta olhar com atenção
Se ninguém os apontar
Ficarão na escuridão
 
Todo o cidadão que se preze
Deve levantar a voz
É um direito da Constituição
Que cabe fazer a todos nós
Há quem não goste que se comente
O que por este país vai mal
Mas os cidadãos não são ignorantes
E criticar é um acto natural
 
28-08-07
publicado por Lausinho às 16:57
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Agosto de 2007

A FALTA DE TRANSPARÊNCIA DAS ANÁLISES

A FALTA DE TRANSPARÊNCIA DAS ANÁLISES
DA MADELEINE
 
Se já poucas dúvidas tinha
Agora tenho a certeza
Que o laboratório Inglês
Está a gozar coma polícia portuguesa
 
Só assim se compreende esta sua actuação
Das análises não chegarem a Portugal
Criando tanta indignação
Parece que o laboratório não quer clarificar esta questão
 
É uma vergonha deviam jogar limpo
Estão a denegrir a nossa polícia
Quem estará entalado
Deve ter muito poder ou já o teriam anunciado
 
Será que mataram a menina
E estão a fazer este circo
Os Mccann ou são poderosos
Ou estão a encobrir algum político
 
O porquê desta palhaçada
Não há fumo sem fogo
Agora acredito que a Madeleine
Foi de certeza assassinada
 
Até parece que somos uma colónia inglesa
Só gostava de ouvir o resultado das análises
Para poder dizer com alivio
O que a nossa policia tinha certeza
 
Portugal é um país soberano
E como tal deve ser tratado
Não é denegrindo a imagem do nosso país
Que este caso terá outro resultado
 
 
Luís Pragana
24-08-2007
 
 
publicado por Lausinho às 17:01
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Agosto de 2007

HABITAT NATURAL DO LINCE IBÉRICO

HABITAT NATURAL
DO LINCE IBÉRICO
 
 
A Serra da Malcata é o berço natural deste belo animal
Que sempre aqui teve o seu lar
Por isso o centro de reprodução a fazer
Só aqui deveria ter lugar
 
O Lince é um animal raiano
E neste habitat sempre viveu
Sempre esteve habituado ao frio serrano
Só com a devastação das florestas e fogos é que desapareceu
 
Mas agora vem o senhor ministro do ambiente
Querer os hábitos do Lince mudar
Quer o centro da reprodução da espécie
Para o Algarve deslocar
 
Só na Serra da Malcata o Lince existia
Era uma mais valia nesta região
A ser criado o tal centro de reprodução
Atrairia muita gente e seria uma satisfação
 
O ministério da ambiente vai de certeza prejudicar
O lince era uma atracção que desaparece
E a zona da Malcata e Sabugal
Cada vez mais se entristece
 
A Serra da Malcata fica mais pobre
Vai perdendo a florestação
E ao perder o Lince
Estas aldeias serranas mais empobrecerão
 
Este animal que já foi rei
Desta Serra em tempos que não voltarão
Com as caçadas e os fogos
Não tão depressa regressarão
 
As gentes desta região
Deviam-se revoltar
O Lince é da Malcata
E aqui deve continuar a procriar
 
Luís Pragana
23-08-2007
 
publicado por Lausinho às 15:56
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Agosto de 2007

Tempo de Férias

TEMPO DE FÉRIAS
 
Agosto é por excelência
O mês em que 80 por cento dos portugueses vai de férias
É por isso que as televisões e os jornais
Nos enchem com notícias de lérias
 
Com tanta falta de assunto
Levamos com o futebol e com os McCann
Como se isso não bastasse
Atiram-nos com o senhor Marques Mendes também
 
Até dá pena ver este politico lamentar-se
Neste problema do milho transgénico
Quer até fazer do milho um problema nacional
Para mostrar aos portugueses que na democracia algo vai mal
 
Mas os portugueses não são ingénuos e sabem
E são contra a invasão de propriedade
Que pôs o senhor Marques Mendes a falar
Se calhar queria que a GNR os manifestantes pudesse massacrar
 
Esta preocupação deste senhor
Até nos deixa a pensar
Onde andam os outros políticos
Que não o vêem ajudar
 
Seria bom ouvi-lo falar dos juros e do aumento do custo de vida
Que está a afligir o cidadão
E os portugueses vê-lo-iam com bons olhos
E faria um figurão
 
Luís Pragana
22-08-2007
 
 
 
publicado por Lausinho às 11:55
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Sempre a assapar...

blogs SAPO

subscrever feeds