Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Tempo

Weather Forecast
Local Contractor Lists in All States of US
Local Contractors
Quarta-feira, 15 de Outubro de 2008

Os 20 mil milhões

 

OS 20 MIL MILHÕES
 
Agora sim é só milhões
Mais uma para o Zé-povinho endrominar
É apenas uma benesse
Para a banca segurar
 
Ao ouvir os 4 banqueiros falar na televisão
Afinal tudo não passou de uma confusão
Fiquei com a sensação que os bancos não precisavam dos milhões
A banca não precisa do aval da nação
 
Que bom seria que este governo
Que olhassem para os que realmente necessitam e os pudesse ajudar
O senhor engenheiro ficaria bem na fotografia
E nas próximas eleições os eleitores cá estavam para o julgar
 
O porquê de sermos nós mais uma vez a pagar
Aqueles que nos têm sugado até com a crise continuam a ganhar
Mesmo com lucros milionários
Não se preocuparam em os juros baixar
 
Mas agora o senhor engenheiro se dá conta das pequenas empresas
Que são elas quem segura os empregos e riqueza produz
Entraram num colapso económico
Não sabem até onde esta crise os conduz
 
As famílias portuguesas endividadas
E todos os que não conseguem fugir à máquina fiscal
Deveriam ter um aval do governo
Para poderem fazer uma vida normal
 
Não deitem serradura para os olhos dos portugueses
Com esta ilusão dos mil milhões
Digam quem vai poder usufruir
O povo não será de certeza só vai servir os comilões
 
Digam a verdade ao povo
A recessão está aí tão cedo não vai desaparecer
Sou dos que criaram o seu próprio emprego
Pertenço ao grupo dos que mais vão empobrecer
 
Os cidadãos estão fartos de lérias
Nada aparece por milagre
Deixem-se de demagogias
E comecem a contar a verdade
 
Porque é que o governo está a segurar a banca?
O que fizeram os bancos para ajudar o cidadão a equilibrar?
Deviam ter ajudado os clientes
Antes de eles se começarem a afundar
 
Luís Pragana
15-10-2008
 
publicado por Lausinho às 14:54
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Sempre a assapar...

blogs SAPO

subscrever feeds