Posts recentes

História ou Lenda

Deixei lá a minha alma!

O ORÇAMENTO PARA GÉNIOS

O PODER DA OPINIÃO

A POBREZA

A ilusão do sonho ...

As Religiões e Deus

O COELHO DA CONSTITUIÇÃO

As Torres Gêmeas

Casa Pia

Arquivos

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Tempo

Weather Forecast
Local Contractor Lists in All States of US
Local Contractors
Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

As vozes do silêncio

AS VOZES DO SILÊNCIO
 
Vagueio dentro da mente
Escuto o interior
Oiço a voz do silêncio
Quando entro no corredor
 
São imensas as vibrações
De sons armazenados
São sons de outros tempos
Há muito tempo amados
 
Nestes corredores sem fundo
Bem as tento decifrar
São vozes num silêncio profundo
Que não me deixam tocar
 
Algumas vão-me alertando
Sinto que gostam de mim
Oiço o silêncio das vozes
Jamais as pensaria assim
 
Escuto no silêncio
Oiço as vozes sussurrar
São vibrações como esta
Que levam a mente a viajar
 
Pragana, Luís
2006
publicado por Lausinho às 09:56
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Sempre a assapar...

blogs SAPO

subscrever feeds